Blog Página Cinco

Victoria Aveyard e L. Blakely: Bienal de SP anuncia primeiros convidados

Rodrigo Casarin

12/04/2018 10h17

Lauren Blakely, Victoria Aveyard e Soman Chainani.

Victoria Aveyard, Soman Chainani, Yoav Blum e Lauren Blakely. São estes os primeiros nomes confirmados para a 25ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontecerá entre os dias 3 e 12 de agosto no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na zona norte da capital paulista. Todos eles integrarão a programação da Arena Cultural, espaço que já recebeu nomes como Harlan Coben, Cassandra Clare e Lucinda Riley.

Os quatro nomes confirmados possuem números ostensivos de vendas, a começar pela norte-americana Victoria Aveyard, cuja série “A Rainha Vermelha” (Seguinte) já vendeu mais de 400 mil exemplares no Brasil, segundo a editora. Na saga, que está prestes a ganhar o quarto volume, Mare Barrow e sua humilde família lutam para sobreviver e tentar escapar da realidade miserável em que vivem. A sorte começa a mudar quando a protagonista consegue um emprego no palácio real – habitado por gente de sangue prateado -, onde Mare descobre carregar consigo um misterioso poder. Com os direitos cinematográficos vendidos para a Universal, a obra virará filme pelas mãos da atriz e diretora Elizabeth Banks.

Yoav Blum.

Chainani e Blakely também são dos Estados Unidos. Ele, um roteirista premiado e escritor fascinado por contos de fadas, autor de “A Escola do Bem e do Mal”, série publicada no Brasil pela Gutemberg, que lançará na Bienal o quarto volume da saga. Ela, por sua vez, vendeu mais de 2,5 milhões de livros, foi traduzida para onze idiomas e chega por aqui pela Faro Editorial, casa que já lançou dois de seus livros marcados por narrar histórias românticas e eróticas do ponto de vista masculino: “Big Rock” e “Mister O”. Tanto Chainani quanto Blakely possuem o carimbo de escritores “best-seller do New York Times”.

Yoav Blum, por fim, é israelense e estreou na literatura com “Os Criadores de Coincidências”, que logo se tornou um best-seller em seu país natal, onde vendeu mais de 50 mil cópias. No Brasil o título saiu em 2017 pela Planeta.

Gostou? Você pode me acompanhar também pelo Twitter e pelo Facebook.

Sobre o autor

Rodrigo Casarin é jornalista pós-graduado em Jornalismo Literário. Vive em São Paulo, em meio às estantes com as obras que já leu e às pilhas com os livros dos quais ainda não passou da página 5.

Sobre o blog

O blog Página Cinco fala de livros. Dos clássicos aos últimos sucessos comerciais, dos impressos aos e-books, das obras com letras miúdas, quase ilegíveis, aos balões das histórias em quadrinhos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Página Cinco
Topo