Topo
Blog Página Cinco

Blog Página Cinco

Exposição imperdível sobre bibliotecas em São Paulo + Prêmio Sesc 2019

Rodrigo Casarin

03/01/2019 10h21

"O amor às bibliotecas, como a maioria dos amores, deve ser aprendido. Ninguém que pise pela primeira vez num aposento repleto de livros saberá instintivamente como se comportar nem o que se espera, o que se promete e o que é permitido. Há quem fique tomado de horror — diante da barafunda ou da vastidão, do silêncio, do lembrete zombeteiro de tudo que não sabemos, da vigilância —, e parte dessa sensação acachapante pode se perpetuar, mesmo depois que os rituais e as convenções foram aprendidos, que o território foi mapeado e que os nativos foram julgados amistosos" – Alberto Manguel em "A Biblioteca à Noite" (Companhia das Letras).

Tá procurando o que fazer por São Paulo? Para quem curte livros, a exposição "A Biblioteca à Noite", que fica no Sesc Avenida Paulista até o dia 10 de fevereiro, é imperdível (e gratuita, só precisa agendar por aqui).

Inspirada na obra homônima do argentino Alberto Manguel, grande amante dos livros, a mostra é dividida em duas partes. Na primeira, temos a reprodução da invejável biblioteca que Manguel possui em sua própria residência. É aqui que ouvimos um bonito e reflexivo texto de autoria do autor enquanto jogos de luzes encaminham nossos olhares para elementos específicos do cenário.

No ambiente seguinte, encontramos uma espécie de sala de estudos no meio de uma floresta, onde nos são dados aparelhos de realidade virtual em três dimensões para que viajemos para dez bibliotecas espalhadas pelo mundo, pela história e pela fabulação de escritores, como a arquitetada no Nautilus, o submarino de "Vinte Mil Léguas Submarinas", de Júlio Verne, uma das minhas favoritas.

Três outras visitas virtuais a bibliotecas me chamaram especial atenção. Tristíssimo ver a bela Biblioteca Nacional de Sarajevo sendo destruída pela guerra que devastou a cidade na primeira metade da década 1990. Agonizante estar em meio à antiga Biblioteca de Alexandria, monumento que mexe com a imaginação de qualquer leitor apaixonado, enquanto ela arde em chamas. E agradável conhecer o singelo Templo de Hase-Dera, em Kamakura, no Japão, repleto de manuscritos feitos por monges copistas. Mas vale mesmo passear pelas 10 bibliotecas – algumas guardam boas surpresas, como a invasão de pássaros na Biblioteca do Parlamento de Ottawa, no Canadá.

"A Biblioteca à Noite" foi concebida pelo diretor canadense Robert Lepage em parceria com a Companhia Ex Machina. Veja Lepage falando sobre a exposição:

Prêmio Sesc de Literatura 2019

E já que estamos falando do Sesc, quem é autor inédito e tem um livro de contos ou romance pronto na gaveta pode tentar a sorte no Prêmio Sesc de Literatura deste ano, cujas inscrições começam na semana que vem (dia 9) e vão até 14 de fevereiro – o formulário e o edital já estão no ar. Criado em 2003, o certame revelou nomes importantes de nossa literatura contemporânea, como Luisa Geisler e Rafael Gallo. O vencedor tem a garantia que seu livro será publicado pela Record.

Sobre o autor

Rodrigo Casarin é jornalista pós-graduado em Jornalismo Literário. Vive em São Paulo, em meio às estantes com as obras que já leu e às pilhas com os livros dos quais ainda não passou da página 5.

Sobre o blog

O blog Página Cinco fala de livros. Dos clássicos aos últimos sucessos comerciais, dos impressos aos e-books, das obras com letras miúdas, quase ilegíveis, aos balões das histórias em quadrinhos.