Topo
Blog Página Cinco

Blog Página Cinco

Gostou do filme Antes de Partir? Você vai curtir a nova HQ de Fabien Toulmé

Rodrigo Casarin

18/09/2018 10h28

No ano passado a Nemo publicou "Não Era Você que Eu Esperava", que marcou a estreia do francês Fabien Toulmé no Brasil. Na HQ, o quadrinista fala sobre como foi o duro processo de aceitação de sua segunda filha, uma garotinha Down. Atuando num campo delicado, no qual o autor sempre corre o risco de descambar para o piegas – ou, no extremo oposto, mostrar-se um canalha insensível ou autocentrado -, Toulmé se saiu bem e entregou aos leitores um trabalho honesto, equilibrado e emocionante, quase que uma versão involuntária em quadrinhos de "O Filho Eterno", grande livro de Cristovão Tezza sobre o tema.

Gostei tanto de "Não Era Você que Eu Esperava" que peguei para ler a nova graphic novel do francês publicada há poucos dias no país tão logo ela caiu na minha mão. Esperava encontrar a mesma qualidade da obra anterior em "Duas Vidas", no entanto, aqui o autor se perde naquele campo delicado do qual falei no parágrafo acima e constrói uma verdadeira autoajuda em quadrinhos.

O livro traz a história dos irmãos Baudouin e Luc. Este, desde pequeno uma pessoa cheia de iniciativa, aberta a riscos e com grande talento para curtir ao máximo sua vida. Aquele, o certinho da família, sempre preocupado com o que seus pais vão pensar de qualquer coisa, medroso, tímido… Adulto, Luc se forma em medicina e vai rodar o mundo com a organização Médicos Sem Fronteiras. Já Baudouin torna-se jurista e vive enfurnado no escritório aguentando desaforos do patrão e contando os dias para que enfim se aposente – algo que deverá acontecer dali mais ou menos 30 anos.

Durante uma rara passagem de Luc por Paris, Baudouin descobre que está com um câncer já em estado avançado e que lhe restam poucos meses de vida. É o irmão aberto para o mundo, claro, que o incentiva a fazer uma lista de desejos para que realize antes da morte iminente: socar o chefe, tocar guitarra em uma banda (seu antigo sonho), viver um grande amor… Feita a relação, saem Luc e Baudouin em busca de riscar cada item elencado. Se ao ler essa sinopse você pensou no filme "Antes de Partir", não está sozinho.

A continuação é óbvia: com a morte lhe esperando na esquina, Baudouin descobre os verdadeiros prazeres da vida e nota como desperdiçava sua existência naquele fatídico escritório em Paris. A mensagem por trás disso é algo como "aproveite ao máximo cada um dos seus dias" ou "seja protagonista da sua própria vida", mais autoajuda impossível. No entanto, o que temos aqui é uma autoajuda divertida, com bons momentos e uma reviravolta no final que premia o leitor que chegou até ali sem se importar com a obviedade do enredo.

Apesar de "Duas Vidas" ser consideravelmente aquém de "Não Era Você que Eu Esperava", pode ser uma boa companhia para quem gosta de histórias superficialmente reflexivas, ligeiramente emocionantes e quase que completamente óbvias.

Veja algumas imagens da HQ (clique nas imagens para ampliá-las):

Gostou? Você pode me acompanhar também pelo Twitter e pelo Facebook.

Sobre o autor

Rodrigo Casarin é jornalista pós-graduado em Jornalismo Literário. Vive em São Paulo, em meio às estantes com as obras que já leu e às pilhas com os livros dos quais ainda não passou da página 5.

Sobre o blog

O blog Página Cinco fala de livros. Dos clássicos aos últimos sucessos comerciais, dos impressos aos e-books, das obras com letras miúdas, quase ilegíveis, aos balões das histórias em quadrinhos.